Serviços
Monitoração da Corrosão

A MONITORE ENGENHARIA presta serviços de Monitoração da Corrosão Interna em dutos terrestres e plataformas de produção incluindo os seguintes itens:

  • Soldagem e trepanação em Tomadas de acesso.
  • Instalação e substituição de provadores de corrosão (Cupons / Sondas).
  • Avaliação da perda de massa para cálculo da taxa de corrosão.
  • Avaliação da taxa de corrosão uniforme e piteforme apresentada nos
  • Análise microbiológica de resíduo e fase aquosa do processo.
  • Coleta e interpretação dos dados coletados das sondas corrosimétricas.
  • 8. Avaliação dos dados de sonda de resistência elétrica, galvânica e LPR.
  • Coleta de amostras para caracterização química e microbiológica de fluidos e resíduos.
  • Coleta de amostras de fluidos e resíduos para teste no campo.
  • Elaboração de relatórios técnicos e monitoramento da corrosão

Contamos, ainda, com um corpo técnico altamente qualificado para execução desses serviços, atuando na elaboração de estudos técnicos, inspeção de faixa de duto e no segmento offshore.

A MONITORE ENGENHARIA é parceira da ASELCO, empresa Brasileira especializada na fabricação de materiais relacionados a estes serviços, e por isso, oferta ao cliente confiabilidade na especificação dos materiais e garante um atendimento rápido e completo na área de Monitoração da Corrosão Interna.

A MONITORAÇÃO DA CORROSÃO
pode ser definida com uma forma sistemática de medição da a corrosividade de um fluido processado ou da degradação de equipamentos e instalações do uso de provadores de corrosão ou sondas corrosimétricas e de análises químicas e microbiológicas. O objetivo da monitoração é auxiliar a compreensão do processo corrosivo e/ou obter informações úteis para o controle da corrosão e suas consequências.

BENEFÍCIOS DA MONITORAÇÃO DA CORROSÃO:

  • Prover advertência precoce que condições prejudiciais estão se desenvolvendo no processo;
  • Revelar uma correlação entre as mudanças nos parâmetros de processo e o efeito deles na corrosividade do sistema;
  • Diagnosticar um problema particular de corrosão, e correlacioná-lo aos parâmetros de controle: pressão, temperatura, pH, velocidade de fluxo, etc;
  • Avaliar a efetividade de um programa de controle/prevenção de corrosão;
  • Prover o gerenciamento de informações necessárias às exigências de manutenção em contínuas condições de operação.

A MONITORAÇÃO DA CORROSÃO É COMPLEXA PORQUE:

  • há vários tipos diferentes de corrosão;
  • a corrosão pode ser uniforme sobre uma área ou concentrada em áreas muito pequenas;
  • taxas de corrosão podem variar substancialmente, mesmo em espaços relativamente curtos;
  • não existe uma única técnica de medida capaz de detectar todas as diferentes condições.

METODOLOGIA DA MONITORAÇÃO DA CORROSÃO

Seleção dos pontos de monitoramento.

Qualquer que seja a técnica, a avaliação é pontual ou em uma pequena seção e sua extrapolação para os demais locais dependerá do conhecimento de todas as variáveis que podem afetar o processo corrosivo. Logo os pontos escolhidos para monitoramento da corrosão deveram estar localizados em regiões representativos ou próxima delas, quando a acesso aos locais sejam impeditivos.

Tipo de provadores

- Técnica gravimétrica (cupom de perda de massa)
- Sonda de Resistência Elétrica
- Sonda de Resistência de Polarização Linear (sist. Água)
- Outras técnicas não intrusivas baseados nos métodos de resistência elétrica ou END